Botox: 6 Mitos e Verdades sobre a Toxina Botulínica

botox-6-mitos-e- verdades-sobre-a -toxina-botulínicar-artigo-blog-clinica-do-ser-ramada-odivelas

Será que só se usa botox para reduzir as linhas de expressão? Existe idade para fazer o procedimento? Quanto tempo dura o efeito do botox? É verdade que a pessoa fica “sem expressão” quando se aplica a toxina botulínica?

botox-6-mitos-e- verdades-sobre-a -toxina-botulínicar-artigo-blog-clinica-do-ser-ramada-odivelas

São muitas as dúvidas sobre o famoso botox. Por isso resolvemos reunir aqui os principais mitos e verdades quando se fala da aplicação da toxina botulínica.

1 – A toxina botulínica só é indicada para suavizar linhas de expressão.

MITO. Esse é um dos principais motivos de quem procura o botox, mas há dezenas de outras formas de usar a toxina botulínica. Além de suavizar linhas de expressão e rugas profundas, ela também é usada para arquear as sobrancelhas, arrebitar levemente a ponta do nariz, e disfarçar a gengiva aparente ao sorrir, combate o excesso de suor nas axilas, mãos e pés. E ainda corrige o estrabismo e trata dores de cabeça e distúrbios da articulação temporo mandibular (nesses casos, a aplicação é feita por médicos mais especializados).

2 – Não há idade para usar botox.

VERDADE. Como é um procedimento considerado não invasivo e muito seguro, não há idade específica para se aplicar o botox. Mas o bom senso diz que, para fins estéticos, é melhor ser usado após os 25 anos ou quando as rugas de expressão permanecem na pele, mesmo quando o rosto está relaxado.  A toxina botulínica trará os melhores resultados quando utilizado para prevenir as rugas profundas na face.

3 – O botox deixa a pessoa “sem expressão”

MITO. O botox é um dos tratamentos mais utilizados hoje, e, quando aplicado de forma correta por um profissional qualificado, tem um efeito muito seguro e satisfatório. Houve durante algum tempo, um certo medo por parte de algumas pessoas que pensavam que ficariam “sem expressão” com a aplicação da toxina, mas isso não acontece, se aplicado de forma correta. Ao contrário do que muitos acreditam, o botox não paralisa e nem congela as expressões faciais.

4 – O efeito do botox é permanente.

MITO. Importante lembrar que o efeito é temporário e localizado, ou seja, apenas no local da aplicação. Os efeitos da toxina botulínica podem levar até 15 dias para aparecer. Por volta do quarto mês, ele começa a se diluir progressivamente e, no geral, dura até seis meses, dependendo de cada caso. Ah, e é importante referir que o botox pode ser aplicado em qualquer altura do ano, seja Verão ou Inverno!

5 – Há poucos efeitos secundários na aplicação de botox.

VERDADE. Os efeitos secundários são mínimos e relacionam-se com a injeção local. Dor ou edema podem surgir à volta do local da injeção. Pode ser usada maquilhagem após o tratamento, mas é preciso ter algum cuidado para não pressionar ou massajar a área até algumas horas após o procedimento. Em casos raros, os pacientes podem desenvolver fraqueza temporária dos músculos vizinhos, ou dor de cabeça, ou sobrancelha e/ou pálpebra caída, também temporariamente. A aplicação é feita através de pequenas injeções em locais a serem tratados, e podem ser utilizados anestésicos tópicos para amenizar o desconforto da aplicação. 

Após a aplicação, são necessários alguns cuidados. É preciso evitar atividades físicas até ao dia seguinte, evitar deitar-se até 2 horas após o procedimento, e não massajar a área nos locais de aplicação. 

6 – Em vez do botox, posso usar cremes que farão o mesmo efeito.MITO. Há muitos cremes que prometem resultados iguais aos obtidos com a aplicação de toxina botulínica tipo A. Mas isso não é verdade. Primeiro porque não existe nenhum creme com a toxina na sua fórmula. Segundo, porque os cremes agem de forma superficial na pele, essencialmente promovendo hidratação e atenuando as rugas mais finas. O botox vai atuar diretamente no músculo responsável pela formação das rugas de expressão, por isso só ele conseguirá promover o efetivo relaxamento da musculatura e o resultado adequado.

Agora, o que vai fazer com todo este conhecimento? Ainda lhe restam dúvidas? Contacte-nos e/ou marque com a nossa especialista.

Marque já

+351 925 925 770

Gostou do que leu? Então siga-nos no Instagram, no Facebook e no Youtube. Fique atento ao nosso blog.

terapia-sacro -craniana-artigo-blog-clinica-do-ser-ramada-odivelas

Terapia Sacro Craniana

A Terapia Sacro Craniana foi desenvolvida pelo médico e osteopata americano Dr. John Upledger, após um estudo científico intensivo entre 1975 e 1983, enquanto professor de biomecânica e investigador clínico na Universidade Estatal de Michigan nos Estados Unidos da América.

Leia mais +